REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Arqueonautas desenterram peça de computador com mais de 2000 anos — E não é "notícia falsa" 14 Novembro 2018

Está a ser notícia desta terça-feira, 13, o achamento, por arqueonautas ao largo do mar Egeu, de uma peça de bronze, em formato de disco de 7-8cm, que se pensa ser a peça que faltava à famosa máquina de Anticítera, do nome da ilha egeia. Esta recente descoberta acontece no mesmo local onde foi encontrado o primeiro ’computador analógico’ em 1900, dois mil cento e oitenta e sete anos após o naufrágio.

Arqueonautas  desenterram peça de computador com mais de 2000 anos — E não é

Em 1900, mais de 2.000 anos depois de desaparecer no fundo do Mediterrâneo, uma peça da máquina de Anticítera foi achada por mergulhadores ao largo do mar Egeu. Mas só dois anos depois, em 1902, um arqueólogo grego prestando atenção ao aparente relógio de bronze corroído descobriu o mais antigo computador mecânico.

Este calendário e mapa astrológico também "podia rastrear o ciclo de quatro anos dos jogos atléticos que eram parecidos, mas não idênticos, a uma Olimpíada", lê-se nos manuais de História da Ciência

O mecanismo original está exposto na coleção de bronze do Museu Arqueológico Nacional de Atenas, acompanhado de uma réplica. Outra réplica está exposta no Museu Americano do Computador em Bozeman (Montana), nos Estados Unidos.

Fontes: Haaretz /www.Archeology.org.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project