REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Alex Saab colocado em prisão domiciliar num condomínio no Sal rodeado de forças de segurança 25 Janeiro 2021

O prisioneiro Alex Saab encontra-se, desde o fim da tarde de hoje, em prisão domiciliar num condomínio fechado na zona Sul do Sal, em Cabo Verde. O alegado testa-de-ferro de Nicolás Maduro e Enviado Especial e Embaixador da Venezuela foi solto, sob a escolta de um forte aparato de forças de segurança, da cadeia civil da Terra Boa, onde se encontrava encarcerado desde Julho deste ano, esperando pela sua extradição ou não para os Estados Unidos da América.

 Alex Saab  colocado em prisão domiciliar num condomínio no Sal rodeado de forças de segurança

Conforme reporta a RCV, Alex Saab foi libertado da cadeia civil da Terra Boa por volta das 18 horas desta segunda-feira, acompanhado por um forte aparato de agentes de segurança e autoridades judiciais. Foi levado, em viatura escoltada por agentes de segurança, até à zona sul da ilha do Sal, onde foi colocado num grande condomínio fechado, rodeado por um destacamento de militares e agentes da polícia. Ali vai ficar em prisão domiciliar, até que seja decidido sobre a sua extradição ou não para os Estados Unidos da América.

Segundo o Ministério Público, Alex Saab foi colocado em prisão domiciliar, por ter ultrapassado o período legal de prisão preventiva, conforme tinha decidido o Tribunal de Relação de Barlavento.

A Defesa chegou a questionar o atraso na soltura do Enviado Especial e Embaixador da Venezuela e o incumprimento por parte de Cabo Verde do Acórdão do Tribunal da CEDEAO, que ordenou a sua libertação.

O caso já fez correr muita tinta e começou com a prisão de Saab em Julho deste ano, quando fez uma escala na sua avioneta particular no Aeroporto Internacional Amílcar Cabral para o abastecimento – foi transferido por poucos dias para a Cadeia Central de Ribeirinha em São Vicente, tendo voltado à cadeia de Terra Boa no Sal, onde esteve encarcerado até a tarde desta segundafeira,25 de Janeiro.

Resta agora esperar pelos próximos desenvolvimentos deste caso que está a criar problemas diplomáticos a Cabo Verde, evolvendo os EUA e a Venezuela, com repercuões nas relações com alguns parceiros/potências mundiais como a Rússia e a China.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project