DIÁSPORA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil: Traficantes detidos em Brasília, um "cabo-verdiano" ’perigoso’, outro sob prisão domiciliária cobriu matrícula de moto com frase ’Jesus te ama’ para entregar drogas e viagra em Brasília 20 Mar�o 2019

A polícia militar de Brasília anuncia no seu site que foi, no domingo 17, detido em flagrante no seu apartamento o "estrangeiro, E.B.P., de 32 anos, nascido em Cabo Verde, África". Considerado ’perigoso’, que ’anda sempre armado’, o traficante "cabo-verdiano" será, afinal, um binacional esloveno. Tornou-se suspeito por ter as janelas do seu apartamento cobertas de negro, o que levou os vizinhos a denunciá-lo.

Brasil: Traficantes detidos em Brasília, um

Os vizinhos do ’Condomínio Residencial Asa Branca’, a quinze quilómetros do centro de Brasília, estranharam as janelas do apartamento cobertas de negro. Chamaram a polícia.

A polícia militar da capital e distrito federal dá conta no seu site do "flagra", que resultou na detenção dum traficante internacional, identificado com as iniciais E.B. P.

Ao "cabo-verdiano" E.B.P. — sobre quem ainda não foram divulgados mais dados — foram apreendidos 4,5 kg de cocaína, 400g de crack, uma balança de precisão, um revólver calibre .38, munição, três facas de caça, um “Livro de Contabilidade”, com nomes, telefones e quantias, além de 5.130 reais (c.200 mil CVE) cash.

Esloveno? Conquanto ainda não se tenha confirmado a dupla nacionalidade eslovena do “cabo-verdiano” no caso de domingo, relembre-se que há pouco mais de um ano, em 24.12.2017, um esloveno, Milan Rataj, de 52 anos, foi detido no Brasil após um habeas corpus em Cabo Verde o ter deixado em liberdade enquanto aguardava julgamento por crime de tráfico internacional de armas.

A braços com a justiça, fora-lhe apreendido o passaporte pelas autoridades cabo-verdianas, mas viajara até ao Brasil onde se ‘abastecera’ com 50,8 quilos de cocaína em alta pureza, que escondeu sob o piso do seu veleiro — apesar de estar sob TIR, em Cabo Verde. Até hoje desconhece-se os meandros dessa viagem e sequência da nova detenção no Brasil desse traficante esloveno.

Fazia ’delivery’ de drogas e viagra enquanto cumpria prisão domiciliar

O outro caso envolve um nacional brasileiro. A placa coberta com a inscrição “Jesus Te Ama” fez na quinta-feira, 12, a polícia militar mandar parar a motorizada desportiva.

A surpresa maior veio a seguir: o motociclista, parado por causa da placa coberta, estava sob prisão domiciliária e o telemóvel “tocava insistentemente com clientes a reclamar a entrega da mercadoria” constituída por 28 embalagens de cocaína e, num colar que trazia ao peito, seis comprimidos de viagra.

Segundo a PM, o suspeito cumpria uma pena de prisão, em regime domiciliar. Desta feita, tinha sido condenado por roubo. Mas é reincidente, com diversas passagens pela polícia por receptação, porte ilegal de arma de fogo e embriaguez ao volante.

A cocaína estava em 28 tubinhos de fármacos e “os comprimidos de viagra estavam escondidos em um chaveiro pendurado em uma corrente que o homem levava no pescoço", informa a PM no seu site.

O detido (na foto à esquerda, imobilizado no solo) tinha ainda em sua posse três mil reais (c.120 mil CVE) cash, dois cartões de depósito para moedas estrangeiras e um papel com anotações de "encomendas e preços", segundo a fonte policial citada também nos media referidos.

Fontes: Site PMDF/Globo/Jornal de Brasília. Foto (inferior): Ao "cabo-verdiano" E.B.P.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement