ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

4 ‘low cost’ autorizadas a operar voos internacionais no Brasil 07 Setembro 2019

A autoridade da aviação comercial brasileira ANAC-Agência Nacional de Aviação Civil deu luz-verde à entrada em funcionamento da quarta empresa aérea de baixo custo, a chilena ’Jet Smart’ "de capital norte-americano". A autorização, publicada no DOU-Diário Oficial da União, na quinta-feira, 5, tem efeito imediato, anuncia a imprensa brasileira.

4 ‘low cost’ autorizadas a operar voos internacionais no Brasil

A Jet Smart junta-se à também chilena Sky Airlines e à argentina Flybondi autorizadas a viajar este ano e a pioneira a Norwegian Air, a primeira ‘low cost’ autorizada há um ano a operar voos internacionais no Brasil.

A empresa norueguesa, que desde janeiro deste ano opera voos internacionais entre Brasil e Europa, é a terceira maior de baixo custo (low cost) na Europa e este ano posicionou-se como a ’Melhor companhia aérea de baixo custo de longa distância do mundo’.

De acordo com o despacho da ANAC, as quatro empresas licenciadas vão operar no Brasil como empresas de "serviço de transporte aéreo internacional regular de passageiro, carga e mala postal".

Fontes: Agência Brasil/G1/ Site do DOU/www.worldairlineawards.com/worlds-best-low-cost-airlines-2019. Relacionado: EasyJet, melhor ’low-cost’ europeia, péssimo serviço — Foto de passageira em assento sem costas , 13.ago.2019; Melhores companhias aéreas 2019: Qatar Airways destaca-se em primeiro lugar, 20.jun.2019

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project