OPINIÃO

O exercício da CIDADANIA 13 Julho 2020

Quanta dinâmica! Quantos projetos e atividades que enriqueceram a região e fortaleceram a cooperação Cabo Verde/Alemanha! Uma honra para mim que liderou este processo. Digo sem remorsos ou falsa modéstia, que muito se fez e que valeu a pena! Por isso não posso continuar a ver esta degradação e não poder exercer a minha cidadania! Ridículo seria! São marcas indeléveis de uma cooperação que deve ser valorizada! Infelizmente vivemos no Fogo, uma (não) cultura política de contraditório ou de trocas de ideias,

7 Comentários

P R A I A L E A K S - I V : Um estranho memorandum de entendimento de compra e venda de terrenos 10 Julho 2020

Em 31 de Março de 2014 o então Presidente da Câmara Municipal da Praia, Dr. Ulisses Correia e Silva e o Dr. Arnaldo Silva (vulgo “Naná”), encontrando-se a sós, assinaram, num papel vulgar, um “Memorandum de Entendimento”. Naná assinou-o alegadamente em representação de Fernando Sousa (FS), mas como este tinha falecido em 2013 (logo, como advogado, Naná sabia que não o podia representar) e como nesse memorandum foi prevista a abertura duma conta conjunta entre as partes e não vejo como abrir conta entre

37 Comentários

P R A I A L E A K S - I I I : Um assalto conversado ao livro de matrizes 06 Julho 2020

Já vimos que Fernando Sousa arrematou dois prédios – 5.779 e 5.780 – e logo tratou de aumentar a área dos mesmos pelo mecanismo fraudulento da retificação, de modo a ir cobrir mais 3 prédios e tal: o 3.561, o 3.562, o 5.210 e parte do 18.218, ficando com cerca de 80 vezes a área do “Plateau”. Asssim, precisava duma matriz abrangente de todos esses prédios. Mas, estranhamente, não a pediu na altura!

Por: Rui Araújo*

30 Comentários

P R A I A L E A K S - I I : Capital Estrangulada 04 Julho 2020

Agora irei direto ao corpo das denúncias e mais adiante cumprirei o prometido, para talvez vermos aí certa afinidade entre as causas das revoltas de rendeiros da ilha de Santiago nos sécs. XIX e XX e esta especulação fundiária urbana em que a revolta é do munícipe com dignidade. Convido o leitor, sem mais delongas, a lançar um olhar para o mapa anexo, onde se vê o “Plateau” no seu cantinho, rodeado (afogado) por prédios rústicos com seus números de descrição (clique no rodapé e veja).

P

32 Comentários

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs