ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Aumento da dívida pública de Cabo Verde 15 Março 2017

A dívida pública de Cabo Verde aumentou afinal de 200.013,0 milhões de CVE(127,8% do PIB) em 2015 para 210.726,0 milhões de CVE ( 128,6% do PIB) em 2016. Estes resultados, que contrariam o discurso do actual Governo de reduzir a divida do país, constam das Contas do Estado referentes ao último trimestre de 2016, que o ministro das Finanças, Olavo Correia, apresentou, nesta terça-feira, na Praia.

Aumento da dívida pública de Cabo Verde

Conforme os quadros de estatísticos a que o Asemanaonline teve acesso, a dívida da administração central, em 2016, atingiu os 210.726,0 milhões de CVE, representando 128,6% do PIB. Deste total, temos a dívida externa estimada em 158.209,7 milhões de CVE (96,5% do PIB). Já a dívida interna atinge os 52.516,3 milhões de CVE (32,0% do PIB).

Fazendo fé na mesma fonte, a dívida interna cabo-verdiana está assim estruturada: 96,6% por Obrigações do Tesouro; 3,6% por outros créditos e 0,0% por Bilhetes do Tesouro. A divida externa é, por seu turno, constituída exclusivamente por dívida de longo prazo, estruturado no período em referência, em termos de credor em: a) multilateral 46,9%, b) bilateral 22,6% e c) comercial 30,5%.

Aumento do PIB e diminuição do deficit

Apesar do aumento da divida pública em 2016 – o que contraria o discurso oficial do Governo em reduzí-la - as Contas do Estado, que vão ser aprovadas pelo parlamento, traz dados positivos. O ministro das Finanças apresentou como novidade sinais de crescimento económico, que se traduzem, segundo ele, na evolução do Produto Interno Bruto (PIB), que quase triplicou: cresceu de 1,5% em 2015 para 3,6% em 2016. Mas a evolução positiva de alguns indicadores económicos não ficam por aí. Olavo Correia anunciou também que o deficit orçamental baixou de -4,6% em 2015 para -3,5% em 2016.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
publicidade

Cap-vert

Uhau

Uhau