CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

São Vicente: Ministro da Economia e Emprego confirma que projecto preliminar da Zona Económica Especial é viável 30 Setembro 2017

O ministro da Economia e Emprego anunciou, hoje(29), no Mindelo, que as autoridades chinesas já confirmaram a viabilidade do estudo preliminar do projecto da Zona Económica Especial para a Economia Marítima, a localizar-se em São Vicente.

São Vicente: Ministro da Economia e Emprego confirma que projecto preliminar da Zona Económica Especial   é viável

José Gonçalves, que falava à imprensa, em São Vicente, à saída de um encontro com o presidente da Câmara Augusto Neves, indicou que recebeu “com satisfação” a notícia de que o resultado do estudo preliminar, executado por uma equipa chinesa que esteve em São Vicente no mês de Julho, aponta para a viabilidade do projecto.

O ministro disse ainda que nesta deslocação à China manteve contactos no ministério chinês do Comércio, com a estrutura do governo local que lidera o projecto, e com a entidade que está a “pilotar o estudo” designada China Oceanic Administration.

São Vicente, segundo José Gonçalves, será, assim, o pivot desta “grande iniciativa” que vai “mexer com tudo aquilo que é a economia marítima”, desde portos, logística das pescas, transportes, estaleiros, formação, Escola do Mar, turismo de cruzeiro, sublinhou, e a “própria extensão da pista do aeroporto”, que está também enquadrada no projecto.

Através do ministro da Economia, o presidente da Câmara Municipal de São Vicente ficou a par do interesse do município chinês de Pintang que, segundo José Gonçalves, o presidente daquela autarquia chinesa, com quem manteve um encontro de trabalho, mostrou-se “interessado” numa “possível geminação” com São Vicente.

“Trata-se de uma ilha perto de Taiwan, no extremo do Oceano Pacífico, que designam de ilha-piloto”, acrescentou o ministro, e onde participou numa mesa redonda ministerial, no decorrer da qual mostrou “o interesse e a oportunidade” do projecto Zona Económica Especial para a Economia Marítima, que vai ser, sintetizou, “o maior empreendimento de forma harmoniosa e holística” em torno da economia ligada ao mar.

No encontro que manteve com Augusto Neves, as duas partes acordaram ainda “desencadear os mecanismos necessários” para se fazer um estudo económico do impacto na economia local dos eventos culturais que São Vicente acolhe anualmente, bem assim o seu impacto no emprego/empregabilidade.

“Acordamos que o Ministério da Economia vai procurar recursos e conjuntamente efectuar o estudo, pois São Vicente é uma ilha com característica muito próprias e onde os eventos culturais, por exemplo, têm um papel muito importante em termos de emprego sazonal e que é pouco conhecido”, rematou o titular da pasta da Economia.

José Gonçalves veio a São Vicente para visitas a empreendimentos turístico e projectos ligados ao turismo sustentável, no âmbito da celebração do Dia Mundial do Turismo, celebrado na quinta-feira, 27.

O objectivo, sintetizou, é manter contacto com os operadores, “incentivá-los e acarinhá-los” no sentido de “cada vez mais” utilizarem recursos de energias renováveis, melhor utilização de água e tudo o que tem que ver com a sustentabilidade do turismo.

O ministro visitou o projecto turístico de Cruz João Évora, em execução por um investidor externo, os Amigos da Natureza e ainda a Casa de Chã do Monte Verde, entre outros empreendimentos em São Pedro e na cidade do Mindelo. Fonte: Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau