CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

SANTO ANTÃO: Degradação do troço carroçável em Ribeira da Torre preocupa condutores 19 Fevereiro 2010

Condutores, proprietários de viaturas de transporte público, privados e passageiros estão inconformados com o estado de degradação do troço carroçável de penetração no Vale da Ribeira da Torre.

SANTO ANTÃO: Degradação do troço carroçável em Ribeira da Torre preocupa condutores

Segundo um abaixo-assinado a que asemanaonline teve acesso, a situação da via de penetração no Vale da Ribeira da Torre é preocupante. “Ela foi reparada provisoriamente após as últimas cheias de 2009 para abastecer os comércios locais e para o transporte escolar. Mas, deste então, não recebeu qualquer outro trabalho para seu melhoramento”, lê-se no abaixo-assinado.

Os signatários do documento realçam que, apesar das dificuldades que o sector dos transportes públicos enfrenta na ilha de Santo Antão, em particular devido ao excesso de viaturas nesse sector, à falta de dinheiro provocado pela crise financeira internacional e a outros factores, têm cumprido as suas obrigações no que diz respeito aos impostos.

“Por essas razões, o que nos preocupa é que todas as vezes que abordamos essa situação com responsáveis da Câmara Municipal da Ribeira Grande (CMRG), atiram a responsabilidade para o Governo, alegando que se trata de uma estrada nacional. Por isso mais nada é feito”, disseram a esse diário digital Jair Rodrigues, António Santos e Rui Rocha, três condutores que assinaram o documento.

Os condutores dizem não entender por que “a edilidade local – no âmbito do programa de emergência financiado pelo Governo –, já reparou as principais vias de acesso em quase todo o Concelho, após as cheias de 2009, excluindo o referido Vale, como que esta parcela não fizesse parte do mesmo Município”, lê-se no abaixo-assinado.

Sobre este assunto, o asemanaonline tentou ouvir o presidente da “CMRG”, Orlando Delgado, ou o vereador responsável pelo Pelouro de Obras da edilidade a esse respeito, mas tal ainda não foi possível. Prometemos ouvir a versão das autoridades assim que seja possível.

MN

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau