Nho Sonjon

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Porto Novo “reconciliado” com o mar 25 Junho 2015

A cidade do Porto Novo está a mudar a sua relação com o mar. De local de esgoto, os cidadãos começam a ver o oceano que banha a sua cidade como uma jóia que merece ser protegida. “Antes tínhamos a ideia de que o mar era o local onde devíamos despejar os nossos resíduos. Agora estamos a mudar a mentalidade das pessoas e a colocar a cidade de cara voltada para o mar. O próprio Master Plan da Avenida Marginal tenta obrigar a cidade a viver em harmonia com essa dádiva da natureza”, enfatiza José Luís Graça, vereador do Urbanismo da Câmara do Porto Novo.

Porto Novo “reconciliado” com o mar

Um dos resultados dessa mudança de atitude vê-se na praia do Armazém, situada à entrada do centro da cidade. Se antes a praia estava na lista das mais poluídas do país, o vereador aponta hoje o substancial aumento no nível de salubridade, obtido graças ao desvio dos esgotos que antes desaguavam nessa zona. “Agora encaramos o mar como algo positivo para a economia e o bem-estar da cidade. Aliás, técnicos do Ministério do Ambiente reconhecem informalmente que o litoral do Concelho do Porto Novo está recheado de praias convidativas, uma mais bonita do que a outra. Se pudéssemos construir uma avenida que ligasse a cidade ao Tarrafal do Monte Trigo teríamos uma área costeira supervalorizada”, salienta o autarca, para quem Porto Novo tem a faculdade de aliar o turismo de montanha, muito procurado em Santo Antão, com o de praia. Falta, no entanto, criar as condições para explorar esse filão.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau