REGISTOS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Catalunha: Supremo vai ouvir ex-conselheiros catalães que estão detidos 30 Novembro 2017

Os oito conselheiros (ministros regionais), entre os quais o vice-presidente, Oriol Junqueras, assim como dois líderes de associações cívicas separatistas, querem seguir os passos da presidente do parlamento catalão libertada em 10 de novembro último depois de ter pago uma fiança de 125 mil euros.

Catalunha: Supremo vai ouvir ex-conselheiros catalães que estão detidos

Para conseguir ficar à espera de julgamento em liberdade, Carme Forcadell assegurou ao tribunal que acatava o artigo 155.º da Constituição espanhola, que permitiu a intervenção do Governo central na Catalunha, e que renunciava à independência unilateral da região.

odos os separatistas detidos preventivamente por alegados delitos de rebelião, sedição e peculato pediram agora para comparecer perante o juiz para solicitar a saída da prisão, tendo nos depoimentos enviados enquadrado o seu projeto independentista como fazendo parte do "diálogo" sobre a Constituição.

No recurso contra a prisão preventiva, afirmam aceitar as consequências do artigo 155º. da Constituição e concordam que a declaração unilateral de independência aprovada em 27 de outubro último teve apenas um valor político.

A maior parte destes conselheiros e um dos ativistas das associações cívicas são candidatos às eleições regionais catalãs de 21 de dezembro nas listas do movimento "Juntos pela Catalunha" ou da Esquerda Republicana da Catalunha e, se saírem da prisão, poderão participar na campanha eleitoral que começa na próxima terça-feira, 5 de dezembro.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau