CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Mergulhadores de Santiago à caça dos pepinos do mar na ilha Brava 14 Novembro 2017

A apanha de pepino do mar revelou-se numa fonte de rendimento importante para o sustento dos pescadores em Cabo Verde, mas essa actividade tem um lado trágico: a morte e a incapacidade física de mergulhadores que se dedicam à sua captura. Ultimamente, os pescadores da ilha de Santiago descobriram esta “mina de ouro”, na ilha Brava, onde os mergulhadores locais desconheciam a prática desta actividade.

Mergulhadores de Santiago à caça dos pepinos do mar na ilha Brava

Para muitos, a procura e consequentemente a captura de pepinos do mar surgiu numa altura em que as famílias precisavam de meios para subsistência, mas hoje em dia, é um negócio rentável.

Muitos mergulhadores fazem a apanha de forma ilegal e tem sido a causa da morte de vários mergulhadores do país por ser um mergulho de profundidade e que exige conhecimentos adequados dos pescadores. Mas na ilha Brava, os mergulhadores de Santiago fazem a exploração devidamente licenciada e com forte controle de um inspector marítimo residente na ilha das flores.

Segundo informações apuradas, estes mergulhadores da ilha de Santiago tem um contracto de exploração de dois anos. Diariamente, devem apanhar apenas, 100 unidades. Soube ASemanaonline que existe em grande quantidade nas costas da ilha Brava.

Os pepinos do mar são vendidos nos grandes hotéis do país. Na ilha de Santiago são vendidos por um valor de 2 mil escudos por cada quilo. Mas esta espécie capturada nos nossos mares é também comercializada na Europa.

Conforme entendidos na área, o Pepino do mar é muito utilizado na cozinha asiática, sendo uma iguaria em países como a China, Brasil, Japão e Malásia. Na medicina tradicional chinesa, são usados para tratar uma série de problemas de saúde quando consumidos com arroz branco, incluindo fadiga, impotência e dor nas articulações, devido as propriedades dos carboidratos complexos presentes no valor nutricional dos equinodermes.

A fazer fé nas mesmas fontes, contém elevados níveis de sulfato de condroitina, um componente principal da cartilagem. A perda de sulfato de condroitina é associada com a artrite, e o uso de extracto de pepino do mar pode ajudar a reduzir a dor articular associada com esta condição. O pepino do mar supostamente também contém compostos anti-inflamatórios.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau