DESPORTO

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

MNEC recebe delegação desportiva para Jogos da Francofonia 17 Julho 2017

O Ministro dos Negócios Estrangeiros e das Comunidades e Ministro da Defesa, Luís Filipe Tavares, em representação do Ministro do Desporto preside esta tarde na ilha do Sal, a recepção da comitiva de atletas e dirigentes que compõem as modalidades que representam Cabo Verde no VIII Jogos Africanos que decorrem entre os dias 21 e 30 de julho em Abidjan, capital da Costa do Marfim.

Em nome do Governo, o Ministro Luis Filipe Tavares deverá apresentar uma mensagem de apoio aos atletas para que possam representar, no melhor das suas capacidades, o país e, com empenho e sorte, possam trazer medalhas para Cabo Verde.

De referir que a comitiva que irá participar nos Jogos da Francofonia é composta por 19 elementos entre atletas, treinadores e delegados de cada modalidade, mais os chefes de missão e de delegação, para além de um técnico de comunicação e uma fisioterapeuta.

A participação de Cabo Verde resume-se às seguintes modalidades com os seguintes atletas e responsáveis:

Atletismo: Atletas - Eveline Sanches, Jordin Andrade (atleta residente em Lisboa) e Eskilson Nascimento; Treinador - Teles Pereira; Delegado - Júlio Nagana.

Atletismo paralímpico: Atletas - Carlos Araújo, Marílson Semedo; Treinador -Paulo Soares; Delegado - Nelson Lopes.

Judo: Atletas - Djamila Silva (residente em Lisboa), Eliana Veiga, Manuel Soares e Wilson Teixeira; Treinador - Magner Mendes; Delegado - Adysangela Moniz.

De sublinhar que esta é a sexta vez que Cabo Verde participa nesta “festa” da Francofonia, tendo o nosso país amealhado em participações anteriores quatro medalhas, uma de ouro (Canadá, 2001), uma de prata (Níger, 2005) e duas de bronze (Madagáscar, 1997 e Níger 2005).

Ainda sobre os Jogos da Francofonia importa dizer que estas foram criadas em 1987 pelos Chefes de Estados e de Governos dos países membros, durante a X Cimeira da Francofonia, com o intuito de promover a língua francesa e a juventude dos países de língua oficial francesa ou em que o francês tem um status “privilegiado” como é o caso de Cabo Verde.

Ainda que o francês não seja uma das línguas oficiais do país, a OIF estima que existam no país mais de 10% de francófonos entre a população residente.

Os Jogos da Francofonia acontecem num intervalo de quatro em quatro anos, no ano pós-olímpico, e deles fazem parte ainda concursos culturais. Cabo Verde faz parte da Organização Internacional da Francofonia (OIF) desde 1996.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau