NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Embaixador da Guiné Equatorial em Portugal acreditado também para Cabo Verde 05 Maio 2017

O embaixador da Guiné Equatorial em Portugal, Tito Mba Ada, entregou hoje, na cidade da Praia, ao chefe de Estado cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, também cartas credências como representante diplomático em Cabo Verde.

Embaixador da Guiné Equatorial em Portugal acreditado também para Cabo Verde

Em declarações aos jornalistas após a entrega das cartas credenciais, o embaixador destacou as relações de cooperação e amizade entre os dois países, manifestando intensão de contribuir para o seu aprofundamento.

Sublinhou nomeadamente o fortalecimento das relações nas áreas económica, empresarial, da formação de recursos humanos e do apoio ao ensino da língua portuguesa.

O diplomata abordou ainda a possibilidade de acordos entre os dois países nas áreas da aviação civil e atividades marítimas.

No que se refere a cooperação, manifestou a intensão de promover a realização de acordos entre os dois países na área de aviação civil e no domínio do mar.

Tito Mba Ada, que é também representante da missão permanente da Guiné Equatorial junto da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), residirá em Portugal.

A Guiné Equatorial foi admitida a 23 de julho de 2014 como membro CPLP, na X cimeira de chefes de Estado e de Governo da organização, em Díli, concluindo um processo de dez anos.

O país, antiga colónia espanhola, liderado há mais de três décadas com mão de ferro por Teodoro Obiang Nguema, passou a integrar a organização, apesar da oposição de intelectuais e organizações da sociedade civil dos países lusófonos e do registo de violações dos direitos humanos, largamente documentadas por várias organizações internacionais. Fonte: Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau