NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Câmara da Praia e União Europeia assinam acordo para a construção do Miradouro na rua de Ponta Belém onde viveu Amílcar Cabral 20 Setembro 2017

A Câmara Municipal da Praia e a Delegação da União Europeia assinam, esta quarta-feira, um protocolo para a construção de um Miradouro de Ponta Belém na cidade da Praia, mais precisamente, na rua onde viveu Amílcar Cabral nos anos 30 do século passado. O projecto está inserido na âmbito do Projecto Cabo Verde: História, Cultura e Ambiente para um Turismo Sustentável, executado pela Fundação Amílcar Cabral, em parceria com a Fundação Lelio e Lesli Basso de Itália, com financiamento da União Europeia

Câmara  da Praia e União Europeia assinam acordo para a construção do Miradouro na rua de Ponta Belém onde viveu Amílcar Cabral

As obras, orçadas em 2.927.250.000$00 englobam, além da construção do miradouro, a melhoria do calcetamento, a reconstrução dos passeios, construção de assentos, iluminação, limpeza da encosta e colocação de plantas ornamentais e ainda a pintura de fachadas de casas. Serão co-financiadas pela Fundação Amílcar Cabral em 1.900.000$00 e pela Câmara Municipal da Praia em 1.027.250$00.

Este Acordo de Parceria prevê a construção do Miradouro de Ponta Belém na cidade da Praia, mais precisamente, na rua onde viveu Amílcar Cabral nos anos 30 do século passado. De referir que a essa instituição coube ainda, no âmbito desta parceria, a elaboração do projecto de arquitectura e a execução dos trabalhos.

As obras de requalificação urbana acima referidas, além de concorrerem para a melhoria da estética do centro da cidade e melhoria das condições de vida da população local, valorizam a memória de Amílcar Cabral. Inserem-se, por outro lado, numa estratégia de desenvolvimento de uma nova funcionalidade para o bairro, que se traduz na sua promoção turística e cultural.

Importa sublinhar a este título que o bairro de Ponta Belém será integrado no circuito turístico-cultural que a Fundação Amílcar Cabral vai criar, no quadro do projecto Cabo Verde: História, Cultura e Ambiente para um Turismo
Sustentável, acima mencionado, o qual terá o seu início na Sala-Museu Amílcar Cabral, de onde partirá para Ponta Belém e de lá para a zona baixa da cidade, a saber: o Tahiti e a Gamboa.

O projecto “Cabo Verde: História, Cultura e Ambiente para um Turismo Sustentável” tem por objectivo preservar e melhorar o património social, cultural e ambiental como factor para a diversificação e desenvolvimento de um turismo sustentável e solidário em Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau