CVMA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

CVMA: Lura e Éllida Almeida com mais nomeações 30 Mar�o 2016

A Cabo Verde Music Awards divulgou esta terça-feira, 29, a lista dos nomeações para a 6ª gala. Lura e Élida Almeida são os destaques desta edição. Ambas contabilizam maior número de nomeações, cinco cada uma. Outra novidade é o rapper Hélio Batalha, nomeado para três categorias.

De acordo com organização do CVMA, para esta sexta edição foram considerados todos os trabalhos discográficos editados e comercializados em plataformas físicas ou digitais, cujo lançamento tenha acontecido entre os dias 1 de novembro de 2014 e 31 de outubro de 2015.

Assim, Élida Almeida foi um dos artistas com maior número de nomeações. Vai concorrer nas categorias de “Melhor Morna (Mar sagrado) ”, “Música Popular do Ano (Leban cu bo)”, “Álbum do Ano (Ora doci ora margos)”, “Melhor Interprete Feminino” e “Composição Inédita (Joana)”.

Quem também recebeu o mesmo número de nomeações é Lura. A artista concorre para “Melhor Coladeira (X da questão) ”, “Melhor Música Tradicional Cabo-verdiana (Maria di Lida) ”; “Álbum do Ano (Herança) ”; “Melhor Interprete Feminino” e “Melhor em Palco”.

Tó Semedo aparece logo atrás, com quatro nomeações, entre os quais, “Melhor Kizomba (Porque te amo) ”; “Música Popular do Ano (Porque eu te amo) ”; “Melhor Interprete Masculino” e “Álbum do Ano”.

A grande novidade desta edição são as três nomeações que Hélio Batalha recebeu. O rapper foi nomeado nas categorias de “Melhor Hip Hop/RnB (O ki fomi tchiga)”; “Revelação” e “Melhor Videoclip (O ki fomi tchiga)”.

Confira a lista completa:

Melhor Funana: Tony fika fet. Zé Espanhol (É Interesi); Ferro Gaita (Mudjer trabadjadora); Legemea feat. Gama e Zé Espanhol (Na casa nka fika);

Melhor Morna: Mar sagrado (Élida Almeida); Sima Kretxeu (Mariana Ramos); Tributo a Cesária (Dina Medina);

Melhor Coladeira: Amiga de nha amigo (Jennifer solidade); Nada é perfeito (Mariana Ramos); X da questão (Lura);

Melhor Kizomba: Casa comigo (Ravidson), Porque te amo (Tó Semedo feat. Boss Ac); Tá me esperare (Badoxa);

Melhor Hip Hop/RnB: Anda ne chuva (Kiddye Bonz); O ki fomi txiha (Hélio Batalha); Rah (Rahiz)

Melhor Música Tradicional Cabo-verdiana: Maria di Lida (Lura); Seca (Sandra Horta); Sofia (Cordas do Sol);

Melhor Música Urbana: Fâ número 1 (Cee Jay Sena); Jah jah bless me (Supa Squad), Sentru di injúria (Thairo kosta)

Melhor Música Electrónica: Ku xintido na bo (Lippe Monteiro); Moral (Broederlief feat. William Araújo); Stay (Suzana Lubrano)

Música Popular do Ano: Leban cu bo (Élida Almeida); Porque te amo (Tó Semedo feat. Boss AC), Tá me esperare (Badoxa);

Álbum do Ano: Ora doci ora margos (Élida Almeida); Herança (Lura); Louder (Tó Semedo);

Melhor Intérprete Masculino: Badoxa; Ravidson; Tó Semedo;

Melhor Intérprete Feminino: Dina Medina; Élida Almeida; Lura;

Melhor em Palco: Ceuzany; Ferro Gaita; Lura;

Revelação: Hélio Batalha; Kady Araújo; Lippe Monteiro;

Melhor Pordutor Musical: Hernâni Almeida (Élida Almeida, Ora doci ora margos); Lonny Johnson (C4 Pedro, Vamos ficar por aqui); Toy Vieira (Lura, Herança);

Melhor Videoclip: O ki fomi Txiga (Hélio Batalha); Ariah (Jennifer Solidade); Sentru de injúria (Thairo Kosta);

Composição Inédita: Joana (Élida Almeida); Nada é perfeito (Mariana Ramos); Santiago (Mário Lúcio);

Melhor Dj: Dj Jano, Dj Chephe; Dj Paulão;

Melhor Animador Comunicação Social: Deejay Capo (Rádio Espace FM); Tony Silva e equipa (Brockton Heat); Indira Araújo (RCV);

Hélio Robalo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau