OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

"CPLP 6ª maior economia mundo"...será? 15 Julho 2017

A indefinição do conceito vê-se nas manchetes que, por estes dias, proclamam “o(s) maior(es) da economia mundial, top 10 da economia” sem que correspondam aos dados publicados por entidades abalizadas (FMI, Banco Mundial, órgãos da ONU).
Por: Alexandre Soares

O debate é vital em democracia. Um dos seus espaços é a comunicação social, o ‘quarto poder’ (assim, entre aspas), cujo papel (informativo) é tão importante que falhando a democracia morre na escuridão (slogan a ser levado a sério). Para não falhar, é importante que utilize métodos entre os quais está a clarificação dos conceitos. Sem tal definição, o risco é de o debate se transformar em não- diálogo.

A indefinição do conceito vê-se nas manchetes que, por estes dias, proclamam “o(s) maior(es) da economia mundial, top 10 da economia” sem que correspondam aos dados publicados por entidades abalizadas (FMI, Banco Mundial, órgãos da ONU).

Antes de prosseguir, permito-me uma pausa para explicar que uso a expressão “por estes dias” no sentido do diazá, idiomatismo antigo na nossa língua segunda e ao qual demos uma semântica nova na nossa língua primeira. A tal ponto que no sentido aqui utilizado cobre umperíodo que vai pelo menos desde há dez anos, em que vemos anunciado “CPLP, 6ª maior economia mundo”.

As tais “gordas” dos noticiários, televisivos, radiofónicos, de jornais e também onlines, são emitidas por produtores de informação que têm estado a utilizar os conceitos (entre eles, o referido “o(s) maior(es) da economia mundial, top 10 da economia”) sem os ter bem claros. Isso inevitavelmente tem conduzido a uma informação deturpada – logo contra-informação (só não utilizo a expressão ‘falsa informação’, porque passou desde 20 de janeiro a estar associada ao neologismo fake news, que lhe subverteu o sentido).

CPLP seria 6ª maior economia mundo se as oito nações (depois nove) fossem uma só, dizem.
Outras informações dão conta que o Brasil é afinal já a 6ª maior economia do mundo.
Em que ficamos?

Segundo os dados do FMI e do Banco Mundial, observamos sim que o top 10 é assim: 1º Estados Unidos, se medido em PPC (poder de compra per capita), ou RP China, se medido em PIB. A partir daí, com uma ou outra variação com uma subida ou descida em cada ano, temos o Japão, a Alemanha, o Reino Unido, a Índia, a França, o Brasil, a Itália e, décimo, o Canadá.

Fontes: sites do IFM (FMI) e World Bank; .cartoonstock.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau